Cemitério da Recoleta: dica de Buenos Aires

Buenos-Aires-cemitério-recoleta-arte-arquitetura-argentina-1
Uma das maravilhas da Argentina está localizada na cidade de Buenos Aires. O Cemitério da Recoleta é um complexo de sepulturas adornadas por exuberantes obras de arte e arquitetura. Este é um passeio indispensável que com certeza deve fazer parte do roteiro de viagem de quem está de visita na cidade. Eu fiquei horas dentro dele e, admirada com tudo que vi, resolvi contar um pouco para vocês. Confiram a postagem para dicas e informações!
Cemitério da Recoleta: dica de viagem - Buenos Aires - Argentina
Nele estão sepultados heróis da Independência, presidentes da república, militares, cientistas e artistas. Entre eles, Eva Perón (Evita), a famosa e amada defensora dos trabalhadores. Os sepulcros e mausoléus foram obras, em muitos casos, de importantes arquitetos. Mais de 70 foram declarados como Monumentos Históricos Nacionais.
Hoje ele é considerado um museu pelo grande número de obras de arte encontradas lá. São esculturas lindíssimas, que compõem fabulosos trabalhos arquitetônicos, numa mistura de estilos e design. As sepulturas são de propriedade de cada família e os proprietários devem pagar uma taxa mensal de administração. O metro quadrado mais caro da cidade, está localizado dentro do Cemitério da Recoleta. Por isso somente famílias importantes, e de posse, possuem um espaço lá dentro. Transitar pelo recoleta é viajar o tempo e conhecer um pouco mais da história do país.
Cemitério da Recoleta: dica de viagem - Buenos Aires - Argentina
Ele está localizado no bairro homônimo. O Recoleta é uma região nobre da cidade de Buenos Aires (dica: é um ótimo bairro para se hospedar), cheia de bons restaurantes, além do fabuloso cemitério. As fotos abaixo são antiguinhas, tiradas na primeira viagem que fiz à Argentina. Reparem que estou bem mais nova nas imagens!
Cemitério da Recoleta: dica de viagem - Buenos Aires - Argentina

Este passeio é indispensável, com certeza deve fazer parte do roteiro de quem vai pela primeira a Buenos Aires. Separe uma tarde para fazer isto e coloque um calçado bem confortável porque você provavelmente vai caminhar bastante lá dentro.
O cemitério é bem grande e possui vários corredores estreitos. É sempre bom andar com um mapa dele nas mãos (são fornecidos pela maioria dos hotéis) porque é muito fácil se perder lá dentro. Então, se estiver fazendo este passeio em grupo, procure não se afastar muito de seus amigos.
Não se esqueça de levar câmera fotográfica. Eu sei que é meio bizarro tirar fotos em um cemitério, mas provavelmente você vai querer fazer isso. Porque, mais que uma necrópole, ele é também um fabuloso museu de obras de arte.
Cemitério da Recoleta: dica de viagem - Buenos Aires - Argentina
Então, gostaram das dicas? Alguém aí já visitou o cemitério, gostou do passeio? Deixe aqui suas dicas também!
Bjs!
8 Respostas
  • Thelminha
    abril 11, 2013

    Nossa bah to louca pra viajar com meu maridinho!! minha filhota so tem 3 meses… mas quando ela fizer uns 6 vou passar um fds em ba tbm!!

  • Janaina Cardoso
    abril 11, 2013

    Oi Babi, tudo bem?
    Estou indo agora no final do mês e quero dicas de restaurantes, vc pode me ajudar??
    Um beijo bem grande

    • Barbara Urias
      abril 11, 2013

      Oi Jana, vou tentar fazer um post sobre o assunto!
      Bjs!

  • Gabriela Donato
    abril 11, 2013

    Aiii conta mais e da dica de outros lugares legais !!
    Vou passar minha lua de mel lá (:

    Conta TUDO !
    Beijo ;***

  • Sandra Tulise
    abril 11, 2013

    ficamos hospedados em Recoletaa!
    O Cementério pra mim foi o ponto alto dalí, apesar de fúnebre achei super interessante até pq nunca tinha conhecido nada igual.

    Adorei!
    Bjokas

  • Teresa Costa
    abril 11, 2013

    Muito incrível mesmo!
    Eu não gosto muito de estar em cemitérios, mas tem uns que realmente me impressionam.
    Ótima experiência a sua.
    E o obrigada por compartilhar com a gente! Beijinhos!

  • Cilmara
    abril 11, 2013

    Deeeeeeeeus, que macabro, e fantástico! hahahaha.
    E não tem aquele tanto de grama que todo cemitério tem…
    E fascinante também… Mas acho que se fosse eu ali, do jeito que sou medrosa, ficaria de braços dados com umas duas pessoas, orando, tremendo, rindo de nervoso e andando rapidinho…
    huhus
    bjs

  • Diogo
    abril 15, 2013

    Eu também sou um apreciador da arte tumular. O Cemitério de La Recoleta, juntamente com o da Consolação e o Pere Laschaise são um museu a céu aberto, com certeza. Só uma observação: a obra “Último Adeus” do Túmulo da Família Cantarella é autoria de Alfredo Oliani e está localizada no Cemitério São Paulo.

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *